7 de dezembro de 2019
Olhar Brasilia

Lyanna Soares

Vitrine Cultural

De volta para casa com música na mala

Por Samanta Sallum

Bruno Lobão, 38, é um típico cara da geração Brasília. Nascido no quadradinho, quando adolescente foi influenciado pelo legado rockeiro da cidade e embarcou numa viagem, a princípio pessoal, a da música. Depois, numa viagem pelo mundo, carregando na mala o talento lapidado aqui na capital. Mora na Austrália há 8 anos e desembarcou esta semana em Brasília com uma missão especial: acompanhar em turnê a banda da qual é baixista. Emoção dupla. Voltar para casa, mesmo que de passagem, para se apresentar numa série de shows. No circuito, Guará, Taguatinga e Plano Piloto. No próximo domingo, participa do Rock na Ciclovia.

Bruno morou muitos anos na 308 Sul e foi integrante de uma banda que está na memória de muitos brasilienses, a Makina Du Tempo, nos anos 2000. “Lançamos um disco e tivemos a participação do Arnaldo Batista, dos Mutantes, e do Lanny Gordon na guitarra. Tocamos no Brasil todo, em grandes festivais, na MTV…. A banda se dissolveu em 2003 e eu fui morar na Irlanda, lá fiquei por 3 anos. Viajei a Europa toda e resolvi que o frio não era para mim”, conta Bruno, que foi parar na Austrália, onde se casou e tem dois filhos. A família está aproveitando para curtir um pouco a capital estes dias.

É muito louco este céu de Brasília. É impressionante como a gente se sente perto dele”

 O baixista hoje é integrante da banda Napoleonic, que tem uma vocalista turca. Em 2015, lançaram o Ep Go Away, que teve sua tiragem esgotada na Austrália. Este ano, o novo trabalho, Euphoria, está tendo lançamento especial no Brasil. Conta com a produção de Rick Will (Incubus, No Doubt). A banda fará shows também no Rio e em São Paulo.

“Há 3 anos não vinha ao Brasil. A gente se abala, o coração aperta”, extravasou durante uma circulada pelo PicniK, evento que rolou na região da Torre de TV, domingo passado. Ele não parava de olhar para cima. “É muito louco este céu de Brasília. É impressionante como a gente se sente perto dele.” Bruno voltará em breve para a Austrália e muito inspirado. Trouxe rock na mala e leva o céu da capital no coração.

Quem quiser curtir o som da Napoleonic pode conferir algumas músicas e entrevista com a banda no programa Cult 22, das 21h às 23h, na Rádio Cultura FM, 100,9 MHz, comandado pelo jornalista Marcos Pinheiro.

Abaixo a agenda de shows:
Sexta-feira – 30/6 – Zepelim Bar, no Guará
Sábado – 1º/7 – Festa Isso aqui é DF, em Taguatinga
Domingo – 2/7 – Rock na Ciclovia, no Estacionamento 4 do Parque da Cidade
Quinta-feira – 6/7 – UK Pub

Você também pode gostar

Nenhum comentário

Deixe uma resposta