Olhar Brasilia
Lá na minha rua

Do que você tem medo?

Pesquisa vai medir e analisar o medo do brasiliense. Que situações te apavoram? Quais horários e locais você mais teme? Por quê? A mancha de insegurança, causada pela violência urbana, se espalha no Distrito Federal, e a dimensão dela será analisada.

Os dados já estão sendo colhidos pela Secretaria de Segurança diretamente com a população. E vão mapear as regiões onde os brasilienses sentem maior medo e os motivos que provocam essa sensação. A Asa Norte é um desses locais. Assaltos em pontos de ônibus, comerciais e passarelas; as cenas de terra sem lei no posto de gasolina da 309 Norte (foto), onde um homem foi alvejado por um rifle às 6h30, em abril; e o brutal assassinato de Maria Vanessa, a facadas, na 408 Norte, nesta semana, deixam a marca da violência ainda mais forte na região.

Mas o que queremos saber é: o que permitiu que crimes como o da 408 Norte acontecessem? Que fatores permitiram os bandidos agirem? A se sentirem seguros para tal violência? Pois, enquanto a população se sente insegura, os bandidos estão bem confortáveis para cometer seus crimes. É preciso urgentemente inverter essa situação. Nós, a população, tínhamos de nos sentir seguros e os bandidos que deveriam sentir medo.  

Sim, a Polícia Civil resolveu o caso em menos de 24 horas. Os assassinos de Maria Vanessa foram presos. Temos uma das mais competentes polícias do Brasil, com altíssimo índice de resolução de crimes. Mas prender os bandidos não devolve a vida de Vanessa. Pelo menos, nos serve de consolo que poderá ser feita justiça. Os bandidos serão punidos e presos. Mas talvez logo soltos… Aí, entramos em outra discussão: a do Judiciário. E a reclamação das polícias “a gente prende e eles soltam”. “Em lugar algum do mundo, o problema de segurança pública se resolve apenas com policiamento na rua. Quando um crime ocorre, uma das instituições públicas falhou. Faltou algo, educação, saúde, assistência social, urbanização…”, afirma o secretário de Segurança do DF, Edval de Oliveira.  

Menos policiais, mais tecnologia

Ele afirmou ao Olhar Brasília a preocupação com o desfalque da Polícia Militar do DF. Cerca de 1,5 mil policiais somente este ano teriam pedido aposentadoria por causa da reforma da Previdência. Segundo o secretário, a solução para o problema da criminalidade não está em colocar um guarda em cada esquina. O fato é que o DF cresce e vai contar com menos policiais. “Para isso, temos a tecnologia. Há outras formas de reforço na segurança, como o monitoramento por câmeras”, explica. Ele afirma que a capital está entre as cidades mais seguras do país e que os índices de criminalidade foram reduzidos. Mas os moradores sentem que quando se trata da perda de vidas qualquer número é expressivo…

Os dados da pesquisa, que vão desenhar de forma mais precisa a mancha do medo no DF, buscam comparar se onde as pessoas sentem mais medo confere com os locais em que realmente acontecem crimes. E, a partir do resultado, traçar ações de serviços públicos que possam passar mais clima de segurança à população. “Iluminação, poda de árvores, ações de urbanização ajudam muito a coibir crimes”, diz o secretário.  

Segundo ele, que é delegado da Polícia Federal e foi subsecretário de Segurança do Rio de Janeiro, a maior ameaça de uma cidade é o crescimento urbano desordenado. “Brasília tem que tomar cuidado com isso, pois a expansão sem a presença do Estado abre território para o crime.”  Fica o alerta.  

Você também pode gostar

2 Comentários

  • Reply
    Patrícia fernandes
    11 de agosto de 2017 at 12:28

    Brasília é uma cidade assustadoramente escura! Cheguei aqui há dois anos e fiquei surpresa com iluminação precária por toda parte. Imagino que seja resultado de um tempo em que a capital era realmente segura, além da cultura “das rodas” – aqui só se anda de carro! Estranho porque vim da zona sul do Rio onde as ruas são cheias e os moradores fazem muitas coisas à pé, apesar dos altos índices de criminalidade. Sou moradora da Asa Norte, pertíssimo de onde Vanessa deu seu último suspiro, e fui assaltada assim que cheguei em Brasília exatamente nesse bairro. No entanto, ainda me sinto mais segura aqui do que na minha codade natal. Mas a pergunta é: até quando?

  • Reply
    Natanry Osorio
    11 de agosto de 2017 at 15:41

    Brasília foi CONCEBIDA por LUCIO COSTA para ser UNICA, deferencia das demais cidades Brasileiras. Juso por isso foi a primeira cidade moderna a ser TOMBADA PELO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL.

  • Deixe uma resposta