Olhar Brasilia
Marcia Zarur

Odeio horário de verão

Odeio mesmo, do fundo do coração. Acho uma falta de respeito com o meu organismo, e com o meu pobre relógio biológico. Não é justo mudar tudo de um dia para o outro, sem a menor cerimônia.

A vida fica uma hora adiantada e o meu sono é obrigado a se adaptar? Pra quem precisa acordar cedo, como eu, e tem dificuldade em madrugar, é uma tortura.

Sei que mais ou menos metade dos brasileiros concorda comigo e a outra metade ama chegar em casa com o dia claro. Fico até curiosa pra saber, de fato, qual a porcentagem dos a favor e dos contra.

Eu sempre fui contra e tenho o respaldo numa série de pesquisas. Hoje tem pesquisa pra comprovar o que a gente quiser, não é?! (Rsrs)

Então vamos lá: encontrei estudos que dizem que os riscos de ataques cardíacos aumentam em 10% nos primeiros dias do horário de verão, acidentes de carro têm 8% mais chance de acontecer na primeira segunda-feira do novo horário e há um crescimento de até 6% nos acidentes de trabalho. Não duvido!

O horário de verão foi instituído no Brasil em 1931, por Getúlio Vargas, e ficou permanente a partir de 1985. Este ano, ele chegou a subir no telhado, quando cerca de 2 semanas atrás o Ministério de Minas e Energia apresentou um estudo mostrando que a implantação do horário já não faz tanta diferença assim para economia de energia. Mas, no fim, o governo, impopular e inseguro, resolveu manter o famigerado.

Goste ou não, Brasília vai ter que adiantar os relógios a partir da 0h deste domingo, 15/10, e como diz uma amiga, “o horário de Deus” só volta em 17 de fevereiro do ano que vem.

Já que não tem remédio, a saída é manter o senso de humor e rir da criatividade dos brasileiros…

 

 

Você também pode gostar

Um comentário

  • Reply
    Elza Maria de Mello
    12 de outubro de 2017 at 18:51

    Marcia!!!
    Muinnnto bom vc ter tocado nesse assunto!
    Ontem mesmo, uma amiga e eu criticávamos essa ideia! Que chatice, que desconforto!!!
    E acho mesmo que se fizerem uma pesquisa a maioria dos brasileiros ‘contra’ pode ser beeeemm maior do que os a ‘favor’!
    E os que serão a favor, obviamente, só estarão focando a hora de sair do trabalho. Sair antes, n há dúvidas, todos querem!!
    Mas dúvido que a adocão desse horário esteja em harmonia com: “redução de energia & adequado rendimento no trabalho”
    Parabéns pela ideia dessa pauta!!!

  • Deixe uma resposta