12 de novembro de 2019
Olhar Brasilia

Zuleika de Souza

Vitrine Cultural

Viva Luis Humberto!

Dia de comemorar um dos grandes mestre da cidade, que lê com poesia e sensibilidade os ângulos de Brasília. Luis Humberto influenciou gerações de alunos da UnB e continua sendo uma referência para quem ama Brasília e a fotografia.


Luis Humberto brincou com as escalas e humanizou os monumentos de Niemeyer.


Luis Humberto mostrou que até cenas cotidianas podem se transformar em arte pelas suas lentes.

Luis Humberto revolucionou o jeito de retratar a política nos salões de Brasília.


Em janeiro, Brasília ganha mais uma exposição do fotógrafo: A Reforma Possível do Olhar. Luis Humberto, que passa parte do tempo na cadeira de rodas, resolveu registrar a vida por este novo ângulo, a altura dos olhos, desafiando mais uma vez os conceitos pré-estabelecidos da fotografia.

A mostra foi incluída no pacote de ações do governo para comemorar os 30 anos de Brasília na lista de Patrimônio Mundial pela UNESCO, depois de ter sido recusada no julgamento do FAC – o Fundo de Apoio à Cultura, por não ter tido nota máxima no item “relevância da obra”.

Artistas, fotógrafos, ex-alunos e fãs do artista se mobilizaram e a exposição acabou confirmada para o inicio do ano que vem no Museu da República. Luis Humberto conta com o carinho, a gratidão e a admiração dos moradores de Brasília. Viva Luis Humberto!

Você também pode gostar

Nenhum comentário

Deixe uma resposta