Olhar Brasilia

Fundação Athos Bulcão

Vitrine Cultural

O mundo reconhece Brasília como ‘cidade criativa’

Brasília mostra mais uma vez que é fonte de inspiração e admiração para o mundo inteiro. Além do plano revolucionário de Lucio Costa, da arquitetura surpreendente de Niemeyer e da ousadia de Athos Bulcão, a cidade continua se destacando por manter o foco na criatividade. 

A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, a UNESCO, concedeu à Brasília o título de cidade criativa. É o maior reconhecimento ao esforço dos brasilienses na elaboração de produtos que tenham forma e funcionalidade originais.

E mais do que isso, uma produção que seja a cara da cidade. As meninas do Experimente Brasilia, Tatiana Petra e Patricia Herzog, que investem em produtos totalmente voltados para a identidade candanga, são exemplo dessa nova maneira de degustar a capital. “Desde 2013, investimos no potencial criativo da cidade, fomentando o turismo e o design como diferencial competitivo. Design de destino e produtos com identidade local são a nossa especialidade”, comemorou Patricia. 

A Fundação Athos Bulcão também abre espaço para a criatividade que consegue ressignificar a obra do artista. São móveis, joias, e outros objetos concebidos a partir dos padrões e cores de Bulcão. Produtos que têm a assinatura de Brasília.

A cidade agora é uma das 31 escolhidas na categoria design, juntamente a locais como Istambul e Dubai. Paraty (gastronomia) e João Pessoa (artesanato e artes folclóricas) são as outras selecionadas do Brasil.

A Secretaria de Turismo do DF comemorou o título dado pelo Unesco por apostar que será um novo e importante atrativo da cidade. É uma forma de mostrar uma outra Brasília para o país e para o mundo.

Daqui para frente, Brasília poderá desenvolver mais facilmente parcerias e projetos com locais que são exemplos de alto desenvolvimento econômico e sustentável, que também fazem parte das cidades criativas de design. Uma credencial de que temos uma nova safra de designers muito talentosos. 

A seleção para a Rede de Cidades Criativas ocorre a cada dois anos. O título é concedido nas categorias filme, artesanato e artes folclóricas, design, literatura, gastronomia, literatura, música e artes midiáticas.

Neste ano, foram 64 municípios de 44 países escolhidos. No total, a Unesco conta com 180 cidades criativas. Estão na lista locais como Buenos Aires, Cairo e Toronto.

Notícia boa a gente precisa comemorar!

Você também pode gostar

Nenhum comentário

Deixe uma resposta