Olhar Brasilia
Samanta Sallum

Quando o fim do mundo chegar, Brasília vai se salvar? Se liga, CEB!

Balanço da última semana no Distrito Federal: sem luz, sem água, sem Metrô. E a jornalista Eliane Cantanhede no Twitter desabafou: “Que capital da República é essa?”

Para muitos, o fim do mundo já está chegando a Brasília. Foi o sentimento de milhares de brasilienses nos últimos dias. Foi o que ouvi, no fim de semana, entre os desconhecidos ao redor nas minhas andanças. “O mundo vai acabar, este mundo como existe hoje, sim, eu acredito que vai acabar. E Brasília não vai se salvar. E nem vai adiantar ir para a Chapada se esconder.”

Ouvir a conversa dos outros, sem querer querendo (risos), é inevitável às vezes. E a conversa foi fazendo minha orelha levantar ainda mais. “Vejam só o que já estamos passando. Fiquei sem luz e sem água no mesmo dia. Uma árvore caiu em frente à minha casa com aquele vendaval. Dia desses, chega o apocalipse”, divagava um grupo de jovens.

Bem, para alguns isso pode parecer sinais do fim dos tempos, mas são sinais da realidade cada vez mais complexa da cidade. Não foi nada divertido para milhares de pessoas ficarem sem luz por muitas e muitas horas. Foi necessária a intervenção da Justiça para obrigar a CEB e seus funcionários a reforçarem as equipes de atendimento de emergências. 

Brasília parece sofrer o revés das características que a fizeram especial, referência em qualidade de vida. Vivemos décadas na abundância, de água, de energia, de terras. Abusamos das facilidades. As terras foram sendo ocupadas de forma desordenada; a água, ficando escassa e nos obrigando a viver um racionamento; e o sistema de distribuição de energia, sucateado. E temos sob a administração pública três empresas – CEB, Caesb e Metrô – alvos constantes de debates sobre privatização. 

Mas vamos levantar essa poeira, ops!, driblar essa lama, que Brasília ainda tem muita coisa boa e promete nos compensar desses sustos. Muita rajada de vento ainda vem por aí. Que as chuvas abasteçam nossos reservatórios, “ufa” para a Caesb! Mas agora é a sua vez, CEB! Se liga!! Que capital da República é essa?! Responda você.

 

Você também pode gostar

Nenhum comentário

Deixe uma resposta