21 de agosto de 2019
Olhar Brasilia
Lá na minha rua

A Orquestra Nacional é coisa nossa!

Mexeu com Brasília, Mexeu com a Orquestra Nacional! Amanhã é dia do último concerto do ano no Cine Brasília.

Músicos de altíssimo nível conduzidos por um maestro que é da nossa cidade e nos representa tão bem pelo país e pelo mundo. A nossa Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro é motivo de orgulho.

Na semana passada, ela tocou em Curitiba e foi aplaudidíssima por mais de 2 mil pessoas numa apresentação emocionante. A orquestra é patrimônio de Brasília e de todo o Brasil.

Criada em 1979, já encantou milhares de pessoas. O maestro Claudio Cohen foi um dos fundadores da orquestra. “Sou brasiliense nato. Essa cidade é tudo para mim.” Brasília deu a música a ele e ele retribuiu com mais música ainda.

Mas a orquestra está sem casa. Lamentamos que o Teatro Nacional esteja fechado aguardando por obras de recuperação de suas instalações. 

A orquestra ganhou 10 novos músicos no mês passado. Já enfrentou tempos de dificuldades , mas sempre resistiu pelo amor à arte e ao público. 

Ela não para. Mantém um calendário intenso de apresentações. Amanhã será a última do ano, no Cine Brasília, às 20h, com o Concerto da Paz – Tchaikovsky, tradicionalmente às terças-feiras. Vamos lá! 

Quem ama Brasília ama a orquestra. Precisamos apoiá-la. Somente nosso coral de amor vai poder mantê-la sempre  viva e fazer com que nós brasilienses tenhamos motivos para nos orgulhar da nossa capital.

Você também pode gostar

2 Comentários

  • Reply
    João Carlos Sobenes Filho
    2017-12-12 at 12:10

    Sou de Curitiba. Estive na apresentação da Orquestra Nacional com o pianista Álvaro Siviero, no dia 7 de dezembro passado no Teatro Guaíra, e de fato foi um espetáculo em grande estilo. Deu para ficar orgulhoso do nosso País!
    Parabéns.

    • Reply
      Marcia Zarur
      2017-12-12 at 17:50

      Agradecemos o retorno. Somos grande admiradoras do belo trabalho da nossa Orquestra Sinfônica.

    Deixe uma resposta