12 de novembro de 2019
Olhar Brasilia

Samuel Macedo

Vitrine Cultural

Pendendo entre a vida e o sonho, vai passando a Carroça de Mamulengos

Por Marcia Zarur

Uma trupe que se criou na estrada, nutrida pela arte. O amor de um bonequeiro por uma atriz deu vida à família Gomide. E o encantamento pela cultura saiu espalhando magia pela estrada com a Carroça de Mamulengos.

Apresentações na rua, na praça, no circo, no teatro… Tudo pode ser palco! Não precisa de luxo pra alcançar o máximo da sofisticação. Há mais de 40 anos, a Carroça de Mamulengos usa elementos do circo e da cultura popular pra fazer uma mistura que começou em Brasília.

A cidade é origem, mas não é morada. A casa é a estrada. E apesar da alma itinerante, de certa forma, a Carroça deixou frutos na cidade.

História entrelaçadas

Vi a emoção do Palhaço Mandioca Frita, com os olhos cheios d´água, falando da família que o acolheu. Ele saiu das ruas onde morava, no Rio de Janeiro, pra viajar com a trupe. A Carroça de Mamulengos pra ele foi mais do que sonho e esperança – foi redenção. Hoje, Mandioca Frita vive da arte que aprendeu com os Gomide.

Mestres da cultura popular, reconhecidos na cidade, também têm história pra contar quando se fala do grupo. O Mamulengo Presepada, de Chico Simões, é primo-irmão do Carroça de Mamulengos. Respeito e carinho entre bonequeiros.

Da pra ver que não faltam histórias. E é justamente esse caminho percorrido com música, suor e poesia que inspira o espetáculo que o grupo traz esta semana pra cidade. ‘Janeiros’ conta a trajetória desses saltimbancos. E convida o público a uma viagem com bonecos gigantes, palhaços com perna de pau, mágica e músicas.

Uma estética muito elaborada, com elementos cênicos e da vibrante cultura popular. Um resgate lírico e lúdico da memória do povo brasileiro. E um desejo do público de que ainda venham muitos e muitos janeiros…

Olha lá:
o espetáculo ‘Janeiros’ da Carroça de Mamulengos fica no Teatro Caixa Cultural nos dias 19, 20 e 21 de janeiro. Às 19h na sexta, e 17h no sábado e domingo. Ingressos:R$ 10,00 a inteira.
E vai ter também Oficina Brincantes, sábado e domingo, das 9h30 às 12h, com apenas 30 vagas e inscrições no local, por ordem de chegada. Informações: 3206-9448

Você também pode gostar

Nenhum comentário

Deixe uma resposta