16 de junho de 2019
Olhar Brasilia

Amaro Jr

Samanta Sallum

Somos 31!

As pessoas perguntam muito para mim e para Marcia Zarur da onde veio a ideia da campanha Mexeu com Brasília, Mexeu Comigo! Não foi nada planejado friamente, foi uma reação espontânea, um impulso, a expressão de um sentimento, de um grito que estava preso na garganta: “Pô, chega de ofenderem a nossa cidade fazendo dela a imagem da terra de corruptos!”

A gente só fica lendo, ouvindo e vendo referências negativas à nossa capital, no noticiário, no seriado e até nas telenovelas. A campanha é de valorização da cidade como cidade brasileira, que tem como qualquer outra qualidades e defeitos, belezas e problemas. O site Olhar Brasília já nasceu como esse manifesto. Mas aí veio a campanha, mais contundente. 

Podemos, sim, ir além e afirmar ser muito surpreendente aos olhos dos que chegam aqui de fora. Eu posto fotos no Facebook de lugares e os meus muitos amigos do Rio de Janeiro, São Paulo, BH e outras cidades me perguntam onde eu estou, que lugar é aquele, como se eu estivesse fora da cidade. 

Eu estou em Brasília! Numa rua histórica de Planaltina, num passeio de barco no Lago Paranoá, na feira do morango de Brazlândia, na Casa do Cantador, em Ceilândia, ou no churrasco de aniversário de um amigo que mora em Santa Maria, no Lago Oeste e seus recantos bucólicos. Na Igrejinha e nas figueiras da Vila Planalto. Tem uma lista enorme… 

O Clube do Choro, o Teatro de Rua. Minha cidade tem cultura, tem arte, tem cafés e bares para eu papear com meus amigos. Eu já tirei onda até ao lado de Frida Kahlo e Mondrian. Sim, eles, com suas obras, como outros grandes artistas, também visitam a minha cidade em exposições. 

Sem dizer que a capital é uma criação de grandes artistas brasileiros da arquitetura, do urbanismo, do paisagismo, das artes plásticas… Vivemos aqui na obra de Niemeyer, Lucio Costa, Athos Bulcão, Burle Marx…

Mais que valorizar nossa capital, a campanha é, acima de tudo, para valorizar nossa gente, nossa população. Brasília tem problemas? Sim! Não estamos aqui pregando um bairrismo cego nem uma cidade cor-de-rosa. O que queremos defender é que 3 milhões de pessoas não podem levar o carimbo de desonestidade na cara porque aqui é a sede do poder político do país.

Então, somos Plano Piloto, somos Brasília, somos Distrito Federal, somos 31 cidades!! E tem gente que insiste que somos apenas a Esplanada dos Ministérios?! 

E a cada dia o movimento ganha mais apoiadores. Pois quem nasceu, mora aqui, cria filhos, trabalha, enfim, estar em Brasília não pode ser confundido com estar envolvido em escândalos políticos.

Apoiam oficialmente a campanha Mexeu com Brasília, Mexeu Comigo!:
Fundação Athos Bulcão, ONG Rodas da Paz, Fecomércio, Associação dos Delegados da Polícia Federal – DF (ADPF-DF), Beirute, Agência P7, Dom Filmes, Best Design e Instituto de Promoção e Inclusão Social.

Você também pode gostar

Um comentário

  • Reply
    Tânia Battella
    2018-01-16 at 13:34

    Perfeita colocação. Quem defende Brasília defende o DF, que é indivisível!!! Somos todos um só. E há forças “ocultas” , nem sempre ocultas, que insistem em taxar alguns movimentos de defesa como dd elitistas, propositadamente, com o intuito de desmoralizar é menosprezar essas forças, que são cada dia maiores. Mas já não conseguem, pois o “ mexeu com Brasília, mexeu comigo” tomou conta da sociedade residente no DF.

  • Deixe uma resposta