11 de Fevereiro de 2018
Olhar Brasilia

Toninho Tavares

Vitrine Cultural

Domingo de Pacotão, Baratona e Raparigueiros

Domingão de carnaval vai ser animado por blocos tradicionais de Brasília.  Axé perto da Torre de TV, tem folia também  para as crianças com a Baratinha;  homenagem à Legião Urbana, com o bloco Eduardo e Mônica; e o clima de contestação política  do Pacotão com suas marchinhas que fazem história.  Confira aqui a programação de hoje, 11/2.  Devem cair algumas pancadas de chuva. Mas não desanime!  Faça sua maratona carnavalesca. E os próximos dias ainda prometem muito mais.

 

Baratona
Há mais de 30 anos animando o carnaval da cidade, o Baratona atrai o público para perto de um trio elétrico com muito axé. O clima baiano aquece no Eixo Monumental, ao lado da Torre de TV,  domingo e na terça-feira, a partir das 16h.

Baratinha
O bloco infantil mistura música e brincadeiras desde 1990. Neste ano, o evento ocorre no Estacionamento 9 do Parque da Cidade, das 14h às 21h. Simultaneamente, ocorre ações da campanha de conscientização Criança Longe das Drogas.

Raparigueiros
Criado em 1992, o Raparigueiros traz a energia de Salvador para o Eixo Monumental. Com direito a abadá, carro de som e muito axé, o evento carnavalesco é um dos mais tradicionais de Brasília. O bloco se concentra ao lado da Torre de TV e parte às 16h em direção à Asa Sul, no domingo e na terça-feira.

Pacotão
Criado em 1978 para protestar contra o conjunto de medidas do presidente Ernesto Geisel para reforma do Judiciário, o bloco Pacotão segue na contramão da Avenida W3, no sentido Sul. A curtição vai das 12h às 22h, no domingo e na terça-feira, a partir da 302 Norte. Sempre com o tom crítico e irreverente das letras de suas marchinhas que resumem a cena política nacional.

Eduardo e Mônica
O bloco Eduardo e Mônica, em homenagem à banda Legião Urbana, mistura as músicas do cenário pop rock com ritmos brasileiros, como samba e pagode. Fundada em 2017, a banda apresenta, além dos arranjos originais, algumas versões clássicas de bandas como Os Paralamas do Sucesso e Capital Inicial. O bloco se apresenta no SIG, Quadra 6/8, das 15h às 23h30.

Agoniza, mas não morre
Axé, samba, marchinhas e batuque se misturam no Agoniza, mas não morre. O evento, criado há cinco anos, conta com um desfile que costuma lotar a 312/313 Sul, das 14h às 22h.

Tesourinha  –  Outro bloco que ficou tradicional que sai da 410 Norte, 16h, e sobre até a tesourinha da 210 norte com muito animação e irreverência também. Reúne muitos moradores e famílias da região. 

Bloco do Prazer
O Bloco do Prazer é um resgate do espírito do antigo Balaio, com muito samba no pé. A organização garante que é uma festa nem 8 nem 80, mas na medida da curtição. A folia se inicia às 15h, na Praça dos Prazeres – SAUN

Carnaval Multicultural CCBB
Vai ter roda de samba com grandes nomes da cidade, frevo, maracatu e marchinhas tradicionais, além de feijoada, cortejos, brincadeiras para a criançada e festa para a família toda, incluindo bebês. Das 11h às 21h, com ingressos a R$ 20,00 a inteira. Veja a programação completa, com horários e atrações.

Rota 400
Bandas autorais e covers – como SOS Toca Raul, Arquivo Y e Bora Bora – animam a 406/407 Norte, com muito rock nacional e internacional. A festa ocorre hoje e terça-feira, a partir das 16h até o fim do dia.

Tetratônica
Também objetivando o combate ao preconceito, o Tetratônica marca o domingo no Setor Carnavalesco Sul. O som é comandado pelas DJs ANRMS, Athena, Grazzi e mais. A festa vai das 15h às 21h.

BEM MEB
Inspirado no site BEM MEB e em parceria com a boate LGBTQ Victoria Haus, o bloco valoriza a música eletrônica e muita dança. Criado em 2015, o bloco agita a folia que começa às 18h do domingo e da segunda-feira.

Mamãe me carrega
Neste domingo, leve os pequenos caracterizados para o parque da 104/105 Sul. O bloco infantil começa cedo, às 9h, e vai até as 13h.

Ewè
O som e a cultura inspirados na África, como o soul e a batucada, são celebrados no bloco Ewè. As atrações misturam os ritmos a gêneros nacionais como samba e axé até terça, das 9h às 23h, no Bloco D da 216 Norte.

Groove do Bem
Os instrumentos percussivos são a principal atração do evento. O Groove do Bem é realizado no Taguaparque, das 16h à 0h do domingo.

Sem Eira Nem Beira
O bloco valoriza a cultura de Planaltina com muita festa, a partir das 16h, na Praça Salviano Monteiro Guimarães. Haverá também arrecadação de brinquedos, livros, alimentos e sapatos. Os produtos serão repassados para várias instituições sociais.

Menino de Ceilândia
Fundado em 1995 para fomentar a cena cultural na região, o desfile conta com o boneco gigante Menino de Ceilândia. O bloco também é animado por percussão nos dias 11 e 13, das 14h à 0h, na QNM 1.

Calango Alternativo
As ruas de Samambaia são contagiadas pelo bloco do Instituto Solid’Art, criado em 2009. São 12 horas de festa, das 13h à 1h, na QR 502/504.

Gruvipi
O Grêmio Recreativo Unidos de Vicente Pires (Gruvipi) faz uma festa que busca unir a família com sambas-enredo e muita marchinha. O bloco ocorre entre a Escola Pública e a Feira do Produtor, a partir das 14h deste domingo.

1% Cachaceiros
Reunindo uma dose caprichada de samba, axé, MPB, marchinhas e brega, esse bloco carnavalesco, situado na Cidade Estrutural, mantém viva a cultura no local. A concentração será às 17h dos dias 11 e 12 na Quadra 5 do Setor Oeste.

Carnaval no Sesc
Vai ter folia nas unidades do Sesc no Gama, Taguatinga, Ceilândia e Guará, com bailinho, música e concurso de fantasia. Veja a programação completa e os horários aqui!

Você também pode gostar

Nenhum comentário

Deixe uma resposta