5 de abril de 2020
Olhar Brasilia

Adriana Botelho

Lá na minha rua

1º Dia de Fórum Mundial da Água

Hoje a cidade finalmente sentiu que o Fórum Mundial da Água começou pra valer. Num giro rápido pelo Centro de Convenções, lotado, foi possível perceber a importância do evento, que pela primeira vez acontece no Hemisfério Sul do Planeta. Cerca de 40 mil pessoas, de 150 países, devem participar.

Mas a logística da cidade para receber um encontro desse porte deixou a desejar, com problemas no trânsito e engarrafamentos na área central do Plano Piloto. Um nó nas principais vias, que deixou os brasilienses estressados. Deu a impressão de que faltou planejamento…

E a organização e a sinalização na Vila Cidadã também decepcionaram os visitantes. Ontem o credenciamento, feito no site, com horários específicos para visitação das atrações da Vila, foi desconsiderado gerando muita fila, especialmente no Espaço ‘Green Nation’ – onde se concentram as atividades interativas. O grande número de atendentes também não garantiu informação de qualidade. Deu a impressão de que faltou treinamento…

No Centro de Convenções, as muitas salas e auditórios também confundiram os participantes. E mais uma vez a organização não foi eficiente. É preciso baixar um aplicativo do Fórum ou procurar o único centro de orientação para tirar dúvidas.

Com foco em sustentabilidade, clima, desenvolvimento urbano, ecossistemas e finanças, o movimento nesse primeiro dia foi grande, com pessoas de diversos países. Representantes da China, Japão, Espanha e Estados Unidos, entre outros, marcaram presença nos debates.

Além de salas e auditórios para palestras e mesas redondas, a estrutura no Centro de Convenções inclui espaços para lazer e descanso, além de wi-fi. E o Fórum é o único local da cidade que não sofre os efeitos do racionamento. A área central, onde acontece o evento, vai ficar fora do corte de abastecimento na região na próxima quinta-feira. Além de ter água em abundância nas torneiras, há distribuição de garrafas d’água, à vontade, para os participantes. 

Vale olhar a programação completa do Fórum no site: http://www.worldwaterforum8.org

Você também pode gostar

Nenhum comentário

Deixe uma resposta