18 de novembro de 2019
Olhar Brasilia
Samanta Sallum

Até que enfim, Faustão!

Antes tarde do que nunca e Brasília agradece! Foi tratada com carinho e justiça. A nossa capital está sendo vista com outros olhos. Finalmente, comunicadores de alcance nacional estão se conscientizando de que não se pode julgar a cidade pelos políticos que vêm de todo o Brasil para se reunirem nas sessões do Congresso Nacional, ou pelas autoridades dos Três Poderes sediadas aqui. Essas autoridades, boas ou ruins, representam o Brasil e não especificamente Brasília.

O resto do país começa a entender que vive aqui uma população, digamos, “normal” como a de qualquer outra cidade. Estão ficando mais sensíveis com a gente. E, pelo aniversário de 58 anos de Brasília, recebemos uma bela homenagem no programa do Faustão no domingo 15 de abril.

O vídeo com as imagens da cidade, e o apresentador discorrendo sobre o que temos de bom, rodou pelos celulares dos brasilienses, felizes em ver finalmente sua cidade bem retratada.

Há 2 anos, o mesmo Faustão foi autor de uma frase que feriu nosso coração brasiliense. Uma tentativa frustrada de elogiar um conhecido brasiliense, o ator Welder Rodrigues, que participa de programas humorísticos da TV Globo e tem suas raízes na Companhia de Comédia Os Melhores do Mundo de Brasília. Faustão disparou que ele era “uma das poucas coisas boas de Brasília”.

Nossa… que absurdo! Mas hoje o Faustão já sabe que temos uma população de 3 milhões de pessoas, somos a terceira metrópole do país e que ao falar isso, sem querer, desprezou milhares de telespectadores.   

Fausto Silva, como diversas outras personalidades, comunicadores, jornalistas de alcance nacional, teimava ou teima em julgar a cidade e nossa população pelos políticos. Em vez de criticarem a classe política, eles criticam a cidade. Em vez de criticarem o problema que é nacional, criticam a cidade. 

Que bom que parece que esse comportamento está mudando. Palavras de Faustão: “A gente tem que separar a Brasília das notícias ruins de uma minoria; e a grande Brasília, uma cidade gigante, projetada por Lucio Costa e Oscar Niemeyer, patrimônio cultural da humanidade, que tem um dos maiores parques urbanos do mundo, onde se formaram as grandes bandas. Brasília da Legião Urbana, Capital Inicial, Plebe Rude, Raimundos, Natiruts. Brasília tem muita gente que nos dá orgulho e dignifica Brasília. Essa é a Brasília de que todo mundo gosta e admira!”

A gente agradece, Faustão! Mas, ops! Vou chamar aqui o Silvio Santos para ajudar a repetir o elenco brilhante que representa Brasília, alguns também que você nomeou no programa.  

Mateus Solanooooooo e Murilo Rosaaaaaa são coisa nossa! 

Kaká e Luciooooooo são coisa nossa!

Welder Rodrigues e Os Melhores do Mundo são coisa nossa!

Joaquim Cruz é coisa nossa!

Ellen Olériaaaaaa é coisa nossa!

E tem muito, muito, muito mais! 

#mexeucombrasiliamexeucomigo 

Você também pode gostar

2 Comentários

  • Reply
    Rosana Tonetti
    2018-04-24 at 12:22

    Excelente abordagem! Também penso como vocês e fico indignada quando alguém associa Brasília a só os malfeitos praticados aí e, na maioria das vezes, por quem nem mora na cidade! Parabéns Samanta e Márcia!

  • Reply
    Maria Lucia RODRIGUES
    2018-04-24 at 14:12

    Esse povo ignorante há muito tempo que diz bobagem.E só raciocinar um pouco.Por favor.

  • Deixe uma resposta