2 de julho de 2018
Olhar Brasilia
Circuito SZ

Nova edição do MimoBar tem comida asiática

Projeto contempla áreas da cidade pouco ocupadas com pegada alternativa. Depois da temporada no gramado da Funarte, está de volta à 105 Norte com mais estrutura e charme.  

Uma viagem com destino a Praga, na República Tcheca, foi o ponto de partida para inspirar o cenógrafo e jornalista Sandro Biondo a criar o MimoBar, o primeiro bar móvel do Brasil. Lá, ele se encantou com o uso dos contêineres como espaços itinerantes para eventos culturais  e festivos. E, com esse conceito, nasceu o nosso MimoBar que pousa, por alguns meses, num local aberto de Brasília em clima despojado, charmoso e animado. Virou ponto de encontro para os brasilienses contemplarem o cenário verde e urbano do Plano com opções de drinques e comidinhas.

Os contêineres trazem um certo ar industrial ao projeto que ganha toque bucólico com o cenário natural em volta, como foi na temporada anterior no gramado da Funarte. Cada edição pretende eleger um espaço diferente da cidade, reforçando a tendência de ocupação lúdica e cultural das áreas de Brasília.

É impossível não perceber a pegada descolada do MimoBar, mas com charme em todos os detalhes: as cadeiras de praia dão lugar para o público especialmente fã de coquetelaria. A cada temporada, o bar reformula as cartas de drinques, mas os que levam gim ganham atenção especial com 12 opções. Todas assinadas pela bartender e mixologista Júlia Santarosa.

Depois da temporada de seis meses no gramado da Funarte, o projeto realiza sua 3ª edição na comercial da 105 Norte, endereço de estreia no ano passado. E o retorno do MimoBar ao local conta com novidades: o contêiner de comida asiática e uma estrutura de banheiros com 12 metros de largura. 

Durante a Copa, rolou transmissão dos jogos pelas tvs de led. Para refrescar, piscininha de borracha e,  para distrair mais ainda, mesa de pingue e pongue.

“A ideia é sempre oferecer uma perspectiva nova da cidade ao público. Os frequentadores podem ter um novo olhar sobre locais, além de ser um novo desafio para toda a equipe. Brasília foi feita para ter suas áreas verdes ocupadas. Essa era uma das intenções urbanísticas de Lucio Costa”, ressalta Biondo, que é de Brasília, morou alguns anos em São Paulo e ficou conhecido também por promover várias festas como DJ em Brasília adoradas pela criatividade, inovação e animação no cenário alternativo. 

A nova aposta gastronômica do projeto é tocada pelo chef Rafael Massayuki, que se dedica ao preparo de exemplares típicos da comida de rua asiática, como curry, guioza e lâmen. “O chef sempre busca diferentes referências em países de culturas distintas, como Tailândia, Vietnã e Japão”, destaca Sandro Biondo, que na última temporada fez questão de colocar em prática seu amor pela cultura com um contêiner dedicado às exposições de arte e exibição de filmes.

MimoBar

Temporada de inverno 2018

105 Norte

Aberto de quarta a sábado, das 18h à 0h; e domingo, das 16h às 23h

Informações: (61) 98109-0721

 

Você também pode gostar

Nenhum comentário

Deixe uma resposta