19 de outubro de 2019
Olhar Brasilia

Roberto Filho

Vitrine Cultural

CoMA

Brasília é um centro de cultura, celeiro da boa música e uma cidade voltada para a criatividade e para a invenção. Nada mais natural de que fosse também palco de um dos maiores eventos artísticos do país. Uma imensa e fervilhante Convenção de Música e Arte – CoMA, que chega este ano em sua terceira edição. 

O gramado do Eixo Monumental vai ser tomado, a partir de hoje, por 40 shows e mais de 300 atrações, entre cantores, músicos e bandas. Destaque para Hamilton de Holanda (foto), Maria Gadú, Scalene, Gypsy Jazz Club e BaianaSystem. E amanhã tem Ney Matogrosso, entre outras atrações. O cantor vai apresentar o show Bloco na Rua, e espera uma interação grande com o público. 

Nesta edição do CoMA, as atrações vão acontecer em cinco locais: Palco Sul, Palco Norte, Planetário, Clube de Choro e tenda Conexões, numa enorme estrutura montada no gramado entre o Centro de Convenções e a Funarte. Olha aqui a programação completa. 

Além das apresentações, o festival também conta com rodadas de negócios, workshops, palestras e pitches. Para um dos organizadores do CoMA, o músico Tomás Bertoni, da Scalene, o festival extrapola as apresentações:  “além dos shows, com importantes artistas da música brasileira, teremos, no Centro de Convenções Brasil 21, entre 10h e 19h, uma grande convenção que visa fomentar o empreendedorismo e fortalecer o mercado musical”. 

Se você ficou interessado, pode comprar seu ingresso aqui.

Você também pode gostar

Nenhum comentário

Deixe uma resposta