17 de agosto de 2019
Olhar Brasilia

Diego Bresani

Capa Vitrine Cultural

Cena Contemporânea 2019

Há mais de duas décadas, o Festival Cena Contemporânea movimenta a cidade, celebrando a arte e a cultura do Brasil e do mundo, e abrindo espaço também para a produção candanga. O Cena se firmou como um dos cinco maiores festivais internacionais de artes cênicas do país. São apresentações de teatro e dança e uma infinidade de atividades paralelas, como encontros e oficinas.

Mais do que uma grande vitrine do que se produz de forma inovadora e criativa, o Cena propõe também uma reflexão sobre o fazer artístico, instiga a renovação de linguagens, estimula a produção cênica e gera parcerias internacionais.

“Antígona” – monólogo de Andréa Beltrão (Foto: Fernando Young) – abre essa 20æ edição, no próximo 20 de agosto, no Teatro do CCBB. Mas os ingressos já estão esgotados.

Não precisa desanimar, porque tem uma infinidade de outras apresentações maravilhosas. O Cena Contemporânea 2019 abre espaço para dramaturgias originais e releituras de clássicos, e este ano vai reunir espetáculos da Espanha, da França e do Brasil num grande painel das artes cênicas da atualidade. O festival será palco também da estreia de quatro encenações, assinadas por criadores como Hugo Rodas, Francis Wilker e Murilo Grossi.

Murilo Grossi e Antonio Revez em Furacão Carmem – Foto de Alexandre Magno

Também do diretor Hugo Rodas, o Cena traz novamente aos palcos a montagem Os Saltimbancos, que teve todas as sessões esgotadas no mês passado. A peça está na memória afetiva de gerações de brasilienses, desde a sua primeira apresentação, na década de 1970. 

Os Saltimbancos, direção de Hugo Rodas – Foto de Diego Bresani

A festa do Teatro

Ao todo, serão 17 espetáculos, dois deles internacionais, além de uma série de oficinas gratuitas, com temas como dramaturgia e desenho de iluminação. O Cena vai encher de vida o teatro do Centro Cultural Banco do Brasil, o Espaço Cultural Renato Russo, na 508 Sul, e os teatros do SESC (na 913 Sul, em Ceilândia e no Gama). Vai ter apresentação também num edifício inacabado no Paranoá e no Centro de Excelência do Cerrado do Jardim Botânico de Brasília.

O 20º Festival Cena Contemporânea é uma realização da Cena Promoções, sob a direção de Guilherme Reis, e conta com o patrocínio exclusivo do Banco do Brasil. Os ingressos custam R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia) e clientes Ourocard Banco do Brasil terão desconto de 50% no valor da inteira. Outras informações no site oficial do evento.

Olha só a programação completa do Cena Contemporânea 2019: 

Terça, 20/08
20h – Antígona – Andréa Beltrão (RJ) – Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil

Quarta, 21/08
18h30 – Leitura dramática Dulcina Me Disse, Raissa Gregori (DF), Sala Conchita FBT 
20hPara não Morrer – com Nena Inoue (PR) – Teatro Galpão do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul

Quinta, 22/08
19h – Tropeço – Tato Criação Cênica (PR/DF) – Teatro de Bolso Robson Graia do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul (Foto: divulgação)
20hO Desmanche das Musas – La Zaranda (Espanha) – Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil
20hPara não Morrer – com Nena Inoue (PR) – Teatro Galpão do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul
20hPrometea, Abutres, Carcaças e Carniças – Grupo Desvio e Hugo Rodas (DF) – Teatro SESC Garagem – 913 Sul
20hFuracão Carmen – António Revez e Murilo Grossi (Portugal/Brasil) – Teatro SESC Newton Rossi – Ceilândia

Sexta, 23/08
19h Tropeço – Tato Criação Cênica (PR/DF) – Teatro de Bolso Robson Graia do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul
20hO Desmanche das Musas – La Zaranda (Espanha) – Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil (Foto: Victor Iglesias)
20hPara não Morrer – com Nena Inoue (PR) – Teatro Galpão do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul
20hPrometea, Abutres, Carcaças e Carniças – Grupo Desvio e Hugo Rodas (DF) – Teatro SESC Garagem – 913 Sul
20hSonhares – Teatro do Instante (DF) – Centro de Excelência do Cerrado do Jardim Botânico de Brasília
20hFuracão Carmen – António Revez e Murilo Grossi (Portugal/Brasil) – Teatro SESC Newton Rossi – Ceilândia

Sábado, 24/08
19hTropeço – Tato Criação Cênica (PR/DF) – Teatro de Bolso Robson Graia do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul
20hA Invenção do Nordeste – Grupo Carmim (RN) – Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil
20hFuracão Carmen – António Revez e Murilo Grossi (Portugal/Brasil) – Teatro SESC Newton Rossi – Ceilândia
20hMosh – Diogo Granato (DF) – Teatro SESC Garagem (913 Sul)
(Foto principal de abertura)
20hSonhares – Teatro do Instante (DF) – Centro de Excelência do Cerrado do Jardim Botânico de Brasília
20hSambada do Boi de Chuva no Terreiro do Mundo – Cia Lua no Meio do Céu (DF) – Teatro Galpão do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul
20hOs Saltimbancos – ATA Agrupação Cultural Amacaca, direção Hugo Rodas (DF) – Teatro SESC Paulo Gracindo (Gama)

Domingo, 25/08
18hTropeço – Tato Criação Cênica (PR/DF) – Teatro de Bolso Robson Graia do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul
20hA Invenção do Nordeste – Grupo Carmim (RN) – Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil
20hFuracão Carmen – António Revez e Murilo Grossi (Portugal/Brasil) – Teatro SESC Newton Rossi – Ceilândia
20hSonhares – Teatro do Instante (DF) – Centro de Excelência do Cerrado do Jardim Botânico de Brasília
20hMosh – Diogo Granato (DF) – Teatro SESC Garagem – 913 Sul
19hSambada do Boi de Chuva no Terreiro do Mundo – Cia Lua no Meio do Céu (DF) – Teatro Galpão do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul
(Foto: Augusto Coelho)
20hOs Saltimbancos – ATA Agrupação Cultural Amacaca, direção Hugo Rodas (DF) – Teatro SESC Paulo Gracindo (Gama)

Segunda, 26/08

17h e 20hInvenções de Mundos – Coisazul (DF) – Teatro SESC Garagem – 913 Sul
(Foto: Thalita Perfeito)
16hOs Saltimbancos – ATA Agrupação Cultural Amacaca, direção Hugo Rodas (DF) – Teatro SESC Paulo Gracindo (Gama)
19h – Lançamento do livro e leitura dramática do texto Pulverizados (Pulvérisés), sob direção de Márcio Abreu (PR) – Sala Multiuso do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul

Terça, 27/08
17h e 20hInvenções de Mundos – Coisazul (DF) – Teatro SESC Garagem – 913 Sul
20hA Ira de Narciso – Gilberto Gawronsky (RJ) – Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil
20hFesta de Inauguração – Teatro do Concreto (DF) – Teatro Galpão do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul

Quarta, 28/08
20hA Ira de Narciso – Gilberto Gawronsky (RJ) – Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil
20hFesta de Inauguração – Teatro do Concreto (DF) – Teatro Galpão do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul
20hMosh – Diogo Granato (DF) – Teatro SESC Newton Rossi Ceilândia

Quinta, 29/08
20hFesta de Inauguração – Teatro do Concreto (DF) – Teatro Galpão do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul
20hFuracão Carmen – António Revez e Murilo Grossi (Portugal/Brasil) – Teatro SESC Garagem – 913 Sul
20hMosh – Diogo Granato (DF) – Teatro SESC Newton Rossi – Ceilândia
16hTeorema 21 – Grupo XIX de Teatro (SP) – Qd 33 Área especial S/N – Paranoá

Sexta, 30/08
17h e 20hFuracão Carmen – António Revez e Murilo Grossi (Portugal/Brasil) – Teatro SESC Garagem – 913 Sul
17h e 20hInvenções de Mundos – Coisazul (DF) – Teatro SESC Newton Rossi – Ceilândia
20hFesta de Inauguração – Teatro do Concreto (DF) – Teatro Galpão do Espaço Cultural Renato Russo,
508 Sul
20hSonhos na Areia – Lorène Bihorel (França) – Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil
20hSonhares – Teatro do Instante (DF) – Centro de Excelência do Cerrado do Jardim Botânico de Brasília
(Foto: Diego Bresani)
16hTeorema 21 – Grupo XIX de Teatro (SP) – Qd 33 Área especial S/N – Paranoá

Sábado, 31/08
11h e 16hCanto do Medo – IV Festival Primeiro Olhar (DF) – Teatro Galpão do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul
17h e 20hFuracão Carmen – António Revez e Murilo Grossi (Portugal/Brasil) – Teatro SESC Garagem – 913 Sul
20hSonhos na Areia – Lorène Bihorel (França) – Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil
20hPerformance ATA – Agrupação Teatral Amacaca (DF), direção de José Celso Martinez Correa (SP) e David Climent (Espanha) – Sala Multiuso do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul
20hSonhares – Teatro do Instante (DF) – Centro de Excelência do Cerrado do Jardim Botânico de Brasília
20hMosh – Diogo Granato (DF) – Teatro SESC Paulo Gracindo – Gama

Domingo, 1•/09
11h e 16hCanto do Medo – IV Festival Primeiro Olhar (DF) – Teatro Galpão do Espaço Cultural Renato Russo, 508 Sul
(Foto: Juliana Caribé)
16hOs Saltimbancos – ATA – Agrupação Teatral Amacaca, direção Hugo Rodas – Teatro SESC Newton Rossi – Ceilândia
17h e 20hFuracão Carmen – António Revez e Murilo Grossi (Portugal/Brasil) – Teatro SESC Garagem – 913 Sul
20hSonhos na Areia – Lorène Bihorel (França) – Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil
20hSonhares – Teatro do Instante (DF) – Centro de Excelência do Cerrado do Jardim Botânico de Brasília
20hMosh – Diogo Granato (DF) – Teatro SESC Paulo Gracindo – Gama

Você também pode gostar

Nenhum comentário

Deixe uma resposta