28 de outubro de 2020
Olhar Brasilia

Diovane Zica Ferreira

Lá na minha rua

As cores da cidade no Prêmio Olhar Brasília de Fotografia

Estão abertas até 21 de abril as inscrições para o Prêmio Olhar Brasília de Fotografia. São cinco categorias. Participe e concorra a prêmios em dinheiro!

Cada participante só pode concorrer com uma foto. Então, escolha apenas uma categoria.

Na categoria cor, todos podem participar. É para vocês amadores que fizeram um belo registro da cidade com o seu celular ou com uma câmera fotográfica.

Cada categoria terá 3 vencedores, que ganharão premiações em dinheiro entre R$ 300 e R$ 1 mil. As inscrições são gratuitas! Saiba mais e conheça as outras categorias no edital do Prêmio Olhar Brasília de Fotografia.

Exposição

As fotos selecionadas farão parte também de uma exposição em homenagem aos 60 anos de Brasilia, prevista para o segundo semestre. Mas o resultado do concurso será revelado em maio, pelas redes sociais.

Em tempos de coronavírus, temos de ficar em casa. É importante seguir as orientações de saúde pública. Você que já tem uma foto bonita da cidade faça a sua inscrição aqui. E quem não tem pode ainda fazer uma bela imagem da vista da sua janela, quintal ou jardim.

O objetivo nessa categoria é ressaltar as cores da nossa capital. E o Prêmio é uma forma de celebrarmos, apesar dos tempos difíceis, o aniversário da nossa cidade.

Jurados

As fotos vencedoras serão escolhidas por uma comissão de jurados formada especialmente para essa categoria. Pessoas que amam Brasília e querem estar nessa celebração com todos os brasilienses. Veja abaixo quem são elas:

CATEGORIA COR


Ana Maria Campos
Nascida em Brasília, é filha de um pioneiro, um engenheiro que trabalhou na construção da capital e escolheu a cidade para criar os filhos. Formada pela UnB com especialização em mídias sociais pelo UniCeub, a jornalista é editora de política local, titular da coluna Eixo Capital e do blog CB.Poder do Correio Braziliense. Ganhou o Prêmio Esso, da AMB, da CNT e Engenho sempre com coberturas sobre Brasília.

Anderson Gustavo Torres
Brasiliense , formado em direito pelo UniCeub, é delegado da Polícia Federal com especializações em ciência policial, investigação criminal e inteligência estratégica.  Coordenou  toda a atividade de inteligência da Polícia Federal na repressão a organizações criminosas de tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro. É Secretário de Segurança Pública do Distrito Federal.

Cíntia Gontijo de Rezende

Com muito orgulho de ter sido uma das primeiras crianças a nascer em Brasília, no Hospital de Base, ela e Brasília completam 60 anos este ano. É mestre em educação e ama a profissão que escolheu. Representa o Senac-DF, onde trabalha ajudando a transformar milhares de vidas com a capacitação de novos profissionais.

Cláudio Corrêa
Brasiliense, apaixonado por nossa cidade. Publicitário e diretor executivo da Globo em Brasília.

Daniel Adjuto
Jornalista, nascido em Brasília e formado pela UnB, atualmente é âncora na CNN Brasil. Destacou-se como repórter de política em Brasília e foi apresentador substituto do SBT Brasil. A partir deste ano, passou a comandar o noticiário noturno de Brasília na CNN.

Didi Colado
Artista urbana com um trabalho de grafite expressivo no DF, é integrante do Coletivo Risofloras, que dá nome à galeria na Praça do Cidadão, em Ceilândia. Tem como objetivo estimular o olhar criativo, gentil e solidário no Distrito Federal e cidades do Entorno, por meio de diversas linguagens artísticas, como o grafite, stencil, pintura, palavra e poesia, além de compartilhar a sororidade, a união e o empoderamento feminino em suas obras.

DJ Cottonete
Começou como DJ em Brasília em 1991. Ao longo dos anos, profissionalizou-se e passou a tocar nas principais casas noturnas, festas e shows de Brasília, bem como em eventos corporativos e mais de 500 casamentos. Já com a carreira consolidada, misturando hits do passado com os atuais, atuou nas maiores festas e eventos de Brasília, como “Festa da Fazenda” (Antártica), Festa do Seu João, Festa Volta aos Anos 80, Fifa Fan Fest, Na Praia e várias outras.

Heraldo Pereira
Nascido em Ribeirão Preto, São Paulo, Heraldo Pereira foi repórter dos principais telejornais da TV Globo. Atuou como comentarista de política no Jornal da Globo e foi apresentador substituto de William Bonner no Jornal Nacional. Desde 2017 comanda o Jornal das Dez, na Globonews, como âncora e editor-chefe.

Ulisses Borges de Resende
Carioca de nascimento e candango de coração, advogado militante e professor do IESB, mestre e doutor em sociologia pela UnB, com estágio doutoral na Universidade de Coimbra, presidiu a primeira Comissão de Defesa dos Direitos dos Animais do Conselho Federal da OAB. É vice-presidente da Câmara Brasil-Rússia de Comércio, Indústria e Turismo.

Você também pode gostar

Nenhum comentário

Deixe uma resposta